Sem categoria

BVB vs. Mainz 05: os resultados do jogo



Fonte do texto SPORT.de

  • BVB vs.  Mainz 05: os resultados do jogo

    BVB vs. Mainz 05: os resultados do jogo

    Quem teria pensado aquilo? Enquanto o Borussia Dortmund decepcionou no jogo em casa contra o 1. FSV Mainz no 0: 2, os visitantes deram um passo gigantesco em direção ao rebaixamento. Na BVB havia uma falta de atitude e linguagem corporal, Mainz impressionou com a vontade de correr e o compromisso. As notas e críticas individuais de todos os jogadores:

  • Borussia Dortmund - TOR: Roman Bürki - classificação: 4,0

    Borussia Dortmund – TOR: Roman Bürki – classificação: 4,0

    Reagiu fortemente em um nível de Mateta (47), caso contrário, em uma base perdida. Impotente ao conceder. Noite ruim para o goleiro suíço.

  • DEFESA: Lukasz Piszczek (até 54 anos) - nota: 5,0

    DEFESA: Lukasz Piszczek (até 54 anos) – nota: 5,0

    Recebeu o cartão amarelo logo após uma falta tática (19) e causou o pênalti a 0: 2. Caso contrário, correu apenas algumas vezes e foi retirado do campo aos 54 minutos.

  • Marcel Schmelzer (de 54) - nota 4.0

    Marcel Schmelzer (de 54) – nota 4.0

    Foi permitido executar mais do que em suas últimas tarefas curtas. Mas não deu mais sotaques e foi, no máximo, um seguidor.

  • Tapetes Hummels - nota: 3,5

    Tapetes Hummels – nota: 3,5

    Sólido como de costume no jogo defensivo. Muitas vezes interveio como jogador de construção na metade oposta, mas com passes desnecessários ruins. Cheguei antes do intervalo (37) e vi amarelo com razão. Resgatou o último homem contra Mateta (59.). Foi alto ao prato com seu próprio povo.

  • Emre Can - nota: 4,0

    Emre Can – nota: 4,0

    Voltou à cadeia tripla após a perda a curto prazo do Akanji. Não colocou um cabeçalho de dois metros no gol (35.). Advertido por uma entrada mais dura contra Burkardt com amarelo (53.). Ainda um dos melhores corredores do Borussia.

  • CAMPO MÉDIO: Raphael Guerreiro (até 82) - nota: 4,5

    CAMPO MÉDIO: Raphael Guerreiro (até 82) – nota: 4,5

    Era praticamente invisível no primeiro turno. Balliert uma aceitação direta quase do estádio (44). Após o sistema de Favre, mude para uma posição mais central; mas também não é muito rentável lá. Parecia irritado cedo e sem foco. Substituído após aviso amarelo.

  • Nico Schulz (de 82) - sem avaliação

    Nico Schulz (de 82) – sem avaliação

    Foi permitido concorrer a Raphael Guerreiro na fase final.

  • Axel Witsel - classificação: 4,5

    Axel Witsel – classificação: 4,5

    Invulgarmente muitos passes ruins no jogo de desenvolvimento. Cinco Borussia com mais contatos de bola que o belga, isso também é incomum. O jogo passou por ele da frente para trás. Esclarecendo no local algumas vezes.

  • Achraf Hakimi - nota: 4,5

    Achraf Hakimi – nota: 4,5

    Girou com entusiasmo desde o início com Sancho à direita – mas sem nenhuma renda notável. Em defesa com alguns duelos facilmente perdidos. No segundo tempo, com muitas ações de bola, mas tudo sem o necessário movimento para o gol.

  • Julian Brandt - nota: 3,5

    Julian Brandt – nota: 3,5

    Desta vez, o polivalente conseguiu assumir a sexta posição. Não foi possível fornecer ao jogo a estrutura necessária. A primeira tentativa de chute passou rapidamente (60º). Pelo menos tentou uma ou outra ação, mesmo que um total de nove de seus passes acabasse com o oponente.

  • ATAQUE: Jadon Sancho (até 77) - nota: 5,0

    ATAQUE: Jadon Sancho (até 77) – nota: 5,0

    Como sempre, flexível na interação com o perigo. Driblou-se para os zagueiros do Mainz e lutou cedo com seu próprio jogo. Mesmo após o intervalo, sem qualquer risco de pontuação. Perdeu as bolas e colocou muito cedo.

  • Mateu Morey (de 77) - sem avaliação

    Mateu Morey (de 77) – sem avaliação

    Não há mais sotaques.

  • Classificação de perigo Thorgan: 5.0

    Classificação de perigo Thorgan: 5.0

    Não parecia muito motivado. Não levou uma bola à baliza, mesmo seus padrões permaneceram inofensivos. Não foi possível igualar as performances da primeira metade da temporada.

  • Erling Haaland - nota: 5,5

    Erling Haaland – nota: 5,5

    Uma noite para esquecer para o atacante! Sem nenhum chute no gol e, portanto, sem nenhuma ação perigosa. Frequentemente se separava da posição central para a frente para receber mais bolas. Assim, com impurezas técnicas. Sem tensão corporal, sem a última luxúria.

  • 1. FSV Mainz 05 - TOR: Florian Müller - classificação: 2,0

    1. FSV Mainz 05 – TOR: Florian Müller – classificação: 2,0

    Capturou tudo o que havia para segurar. Desfile marcante contra o chute livre de Hakimi (73.). Caso contrário, perfeito e seguro no controle da área penal.

  • DEFESA: Ridle Baku - nota: 2,0

    DEFESA: Ridle Baku – nota: 2,0

    Primeiro, mantenha o lado direito apertado, depois apareça em 1: 0 como flanker preciso (33.). Também emergiu repetidamente como extremo direito e claramente liderou um duelo direto com Raphael Guerreiro.

  • Jerry St. Juste - classificação: 2,0

    Jerry St. Juste – classificação: 2,0

    Com um bloco importante contra Witsel (15). Top game em termos de gerenciamento de duelos e linguagem corporal. Às vezes parece muito despreocupado em suas ações, mas desta vez tudo correu bem. 70% dos duelos realizados foram para ele.

  • Moussa Niakhaté - classificação: 1,0

    Moussa Niakhaté – classificação: 1,0

    Forte e presente nos duelos com Hazard e Haaland. Mostrou-se muito disciplinado e não permitiu nada, graças ao forte jogo posicional. Irradiava calma mesmo sob grande pressão da BVB e era o padrinho em campo.

  • Aarón (até 84 anos) - nota: 2,5

    Aarón (até 84 anos) – nota: 2,5

    Desde o início, ele esteve do lado esquerdo da defensiva. Teve que se retirar visivelmente após o cartão amarelo (30º). Mas manteve a asa limpa e ficou focado até a substituição.

  • Daniel Brosinski (de 84) - sem classificação

    Daniel Brosinski (de 84) – sem classificação

    Ajudou a salvar a liderança ao longo do tempo nos últimos minutos.

  • CAMPO MÉDIO: Danny Latza - nota: 3,0

    CAMPO MÉDIO: Danny Latza – nota: 3,0

    Assegurado repetidamente nos seis duplos atrás de Malong. Tirou a penalidade após o intervalo (49.). Depois de uma luta corpo a corpo com Raphael Guerreiro com amarelo, mas rapidamente se acalmou novamente.

  • Pierre Kunde Malong (até 75) - nota: 2,5

    Pierre Kunde Malong (até 75) – nota: 2,5

    Nem sempre conseguia converter sua velocidade em situações perigosas. Às vezes, ele não tinha os pontos de alusão em seus avanços. Como corredor de longa distância entre as áreas de grande penalidade com alto comprometimento. Foi bombeado para baixo após 75 minutos.

  • Leandro Barreiro (de 75) - sem classificação

    Leandro Barreiro (de 75) – sem classificação

    Ainda mostrou um esforço no último quarto de hora.

  • Karim Onisiwo (até 84 anos) - nota: 2,0

    Karim Onisiwo (até 84 anos) – nota: 2,0

    Corajoso em suas jogadas, trouxe algumas boas opções de cobrança de falta. Após a liderança correu após cada bola e se jogou nos passes do Borussia. Forte atuação do homem ofensivo que manteve o ritmo alto até pouco antes do final.

  • Dong-won Ji (de 84) - sem classificação

    Dong-won Ji (de 84) – sem classificação

    Jogou contra o ex-clube por mais alguns minutos.

  • Jean-Paul Boëtius - nota: 3,5

    Jean-Paul Boëtius – nota: 3,5

    Foi enviado várias vezes abruptamente nas vitórias, mas não conseguiu criar nada perigoso. Tentei algumas vezes à distância, o que também não funcionou. Teve o 3: 0 nos flops aos 71 minutos, poderia ter tomado a decisão preliminar.

  • Jonathan Burkardt (até 67 anos) - nota: 2,0

    Jonathan Burkardt (até 67 anos) – nota: 2,0

    Apressadamente, o jovem tropeçou em uma situação promissora no balcão (27). Fez muito melhor por um curto período de tempo, quando ele super explorou um cruzamento de Baku e marcou seu primeiro gol na Bundesliga. Após o sucesso atrevido e corajoso no caminho, mesmo que nem tudo tenha sido bem-sucedido.

  • Levin Öztunali (de 67) - nota: 3,0

    Levin Öztunali (de 67) – nota: 3,0

    Emprestou ao jogo de Mainz uma ordem ainda mais defensiva. Sem grandes ações, mas também sem erros.

  • ATAQUE: Jean-Philippe Mateta (até 75 anos) - nota: 2,0

    ATAQUE: Jean-Philippe Mateta (até 75 anos) – nota: 2,0

    Foi o primeiro a fornecer os construtores de Dortmund, muitas vezes viajando sozinhos. Introduziu o 1-0 com um ótimo passe de abertura (33º) e ficou gelado do ponto (49º) no 2-0. Na fase final perguntou aos dezesseis anos como cabeçalho.

  • Ádam Szálai (de 75) - sem classificação

    Ádam Szálai (de 75) – sem classificação

    Teve o 3-0 no pé (78).

  • Gosta de dicas de futebol para investimento desportivo? Então visita agora mesmo Palpites Copa do Mundo e prepara-se para viver a emoção do maior campeonato do planeta.