Notícias

Kleber: “Ninguém deve se sentir confortável”



Fonte do artigo SPORT1.de

A estrela da NBA na Alemanha, Maxi Kleber, junto com o Dallas Mavericks, pediu uma luta contra o racismo.

“Ninguém deve se sentir confortável nessa situação”, alertou o internacional alemão, que participou de um evento organizado pelos Mavericks sobre a desigualdade e o racismo aos quais a população negra está exposta.

Kleber: “Quer nos fazer sentir desconfortáveis”

“Queremos nos sentir desconfortáveis ​​porque é o único sentimento com o qual podemos mudar alguma coisa”, afirmou o jogador de 28 anos. Ninguém deve tolerar a existência de discriminação com base na cor ou crença da pele.

Kleber foi o único homem branco em um painel de discussão e também o único jogador de Dallas que falou no evento. Juntamente com alguns colegas de equipe, Kleber havia trabalhado em um memorial para George Floyd, morto nos Estados Unidos, que tiveram que morrer devido à violência policial, participou.

O proprietário de Dallas, Mark Cuban, também falou no evento Tim MacMahon (ESPN) também estava presente. “A dura realidade é que pessoas brancas como nós se tornam muito defensivas quando se trata de nossos privilégios”, disse Cuban, acrescentando: “Todos nós temos o hábito de nos proteger. Dizemos que temos muitos amigos negros Dizemos que crescemos em um bairro misto “.

Mas isso não era desculpa para o cubano. “Temos que parar porque não podemos continuar assim. É por isso que temos que ter essas discussões difíceis agora.”

Gosta de dicas de futebol para investimento desportivo? Então visita agora mesmo Palpites Copa do Mundo e prepara-se para viver a emoção do maior campeonato do planeta.