Sem categoria

Sport volta a procurar o Flamengo sobre pagamento por Renê, agora via Justiça: “Queremos que explique”





Fonte da matéria GloboEsporte.com

O Sport voltou a notificar o Flamengo em busca de novos esclarecimentos sobre compra de percentual de direitos do lateral-esquerdo Renê. Dessa vez, procurou a Justiça para ter uma resposta.

A negociação foi declarada pelo clube carioca no balanço referente ao ano de 2019, no valor de R$ 5,6 milhões. Registrado como credor, o Leão diz não ter recebido pela nova transação e não ficou satisfeito com a primeira resposta que recebeu, no mês de maio. É o que diz o presidente do Sport, Milton Bivar.

– Fizemos uma nova representação contra o Flamengo para que ele se explique oficialmente de toda a transação. Ainda não teve resposta, mas estamos aguardando para o negócio ficar direitinho. O que eu quero é que eles respondam uma série de transação – disse o presidente, antes de completar.

“A gente fez um pedido via Justiça. Não estamos cobrando o dinheiro. Estamos cobrando a reposta. À princípio, o que queremos é que o Flamengo explique. Mas o pedido foi via Justiça dessa vez.”

Renê foi vendido ao Flamengo em 2017, ainda na gestão de Arnaldo Barros no Sport — Foto: Vinícius Costa/BP Filmes

No balanço, vale lembrar, o Leão aparece como credor ao lado de uma empresa chamada MP Eventos. Procurado pela reportagem através da assessoria de imprensa, o Flamengo ainda não se pronunciou.

Trecho do balanço de 2019 do Flamengo, em que consta nova negociação com Renê; vale ressaltar que os valores estão expressos em milhares — Foto: Reprodução / Demonstração financeira do Flamengo

Renê deixou a Ilha do Retiro em 2017 em direção ao Flamengo, ainda na gestão do ex-presidente Arnaldo Barros, vendido por cerca de R$ 3,9 milhões referentes a 50% dos direitos do atleta. Reserva de Filipe Luís na Gávea, o lateral-esquerdo estava em fim de contrato e renovou em janeiro deste ano até o fim de 2022.

A nova história envolvendo Sport, Flamengo e Renê começou há mais de um mês, depois de o Fla declarar no balanço de 2019 movimentações financeiras que aconteceram no início deste ano.

O Sport consta como credor na nova compra de direitos, ao lado de uma empresa chamada “MP Eventos”. O Rubro-negro pernambucano diz não ter recebido o dinheiro declarado no balanço do clube carioca e, por isso, busca esclarecimentos sobre a negociação.

Vale lembrar que, após a publicação do balanço, o Sport notificou o Flamengo em busca de esclarecimentos sobre a transação. Teve um retorno no fim de maio, mas permaneceu insatisfeito devido ao teor da resposta, segundo Milton Bivar.

– Disseram que a empresa com que trabalham é uma das melhores auditoras e que fez o balanço deles. E que por isso estão acobertados e pronto – disse o mandatário na ocasião.

Gosta de dicas de futebol para investimento desportivo? Então visita agora mesmo Palpites Copa do Mundo e prepara-se para viver a emoção do maior campeonato do planeta.